Diminuir a fonteAumentar a fonte 22/01/2009
Breves e soltas no dia 22/01/2009
por Cezar Andrade Marques de Azevedo

www.cezar.azevedo.nom.br

APRENDA A PERGUNTAR A DEUS

“Assim diz o Senhor, o Santo de Israel, aquele que o formou: Perguntai-me as coisas futuras; demandai-me acerca de meus filhos, e acerca da obra das minhas mãos.” (Is 45:11)

Você sabe fazer pergunta a Deus? Muitos, apressadamente, podem dizer que sabem, contudo vamos refletir um pouco como isso se opera. Digamos que você faça uma pergunta ao Senhor: “Deus, porque estou sempre entrando em canoa furada?”.Por certo há muitas respostas para esta questão, a maior parte delas você já as conheça de cor e salteado. Qual seria, então a resposta de Deus? Uma dentre elas?

Para compreender como perguntar e como saber que Deus respondeu, precisamos entender que Deus trabalha com realidade, não com suposições. Assim, enquanto a situação-problema for persistente, a resposta de Deus não se concretizou, portanto a pergunta deve permanecer. Nosso problema é que fazemos a pergunta e já damos, por nós mesmos a resposta. Tipo, num caso foi porque eu confiei, no outro foi porque não tinha dinheiro, no outro foi porque agi sem ter experiência no assunto e assim por diante. Quando nós damos a resposta não há porque Deus responder.

Um princípio semelhante a este diz respeito a oração. O que ora em lugar público para que outros o vejam, já teve a resposta que gostaria, pois está escrito: “... Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa” (Mt 6:5b). Assim também é quando fazemos uma pergunta a Deus e fazemos um rol de respostas, sejam elas certas ou não, já temos nossa própria resposta, não há porque Deus responder.

Um conselho é: faça a pergunta e se recuse a aceitar a resposta em sua mente a esta mesma pergunta. Faça da pergunta como uma bóia lançada sobre a água, mantenha ela sempre na superfície. Quando uma resposta vier, faça o teste definitivo com ela: a situação foi resolvida? Se a resposta for não, mantenha a pergunta na mente, mesmo que a resposta leve 20 anos. Digo 20 porque Isaque orou insistentemente a Deus por 20 anos para que Rebeca tivesse um filho até que sua esposa veio a ser fértil (Gn 25:21), portanto não há limite de tempo para manter a bóia na superfície. Enquanto a resposta não for incisiva e cabal, sanando o problema a pergunta deve permanecer no ar. Recuse, pois, suas respostas prontas, elas só impedem você de, efetivamente, ouvir a Deus.

Clique e comente este texto

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Rm 6:23)

Clique para o Plano de salvação por pergunta

Clique para o Estudo para novo convertido - 01/10

Clique para o Estudo para batismo 01/10

Clique para o texto Ministração para libertação interior e perdão

Clique e de seu testemunho de aceitar a Cristo como Senhor e Salvador pessoal