Diminuir a fonteAumentar a fonte 15/05/2009
A mulher ontem e hoje
por Dora Rees

www.cezar.azevedo.nom.br

Em Juízes 5: 1 a 32 encontramos o Cântico de Débora que é reconhecido como um dos melhores exemplos de uma ode de triunfo preservada na  literatura hebraica. O verso 3 diz: “Ouvi, reis, daí ouvidos príncipes; eu, eu mesma cantarei ao Senhor; salmodiarei ao Senhor de Israel.” E, a conclusão do cântico torna claro: os que se rebelam contra o Senhor perecem, porém, os que O amam e servem serão exaltados como sol. Expressão de uma mulher de ontem.

A mulher de hoje não pode constituir-se em posição adversa da que viveu no passado. Na verdade, adquiriu maneiras e reações diferentes, resultantes de um mundo moderno, mas é biologicamente a mesma mulher. Débora lutou! Lute também mesmo que seja pelo direito de cultivar inteligência e de competir com o homem em todos os setores da vida social. Hoje, a mulher deve ter liberdade de escolher seus próprios caminhos – casar ou não -  jamais ser forçada a abandonar sua carreira ou trabalho e se escolher ser dona de casa ou ser empresaria que o faça com competência.

Em nosso mundo tumultuado e confuso, uma dos alicerces da contemporaneidade está em nos sentirmos capazes de ganhar a vida, de prover o nosso próprio sustento, porém, a mulher não pode tornar-se igual ao homem, e isso porque psicológica e fisicamente é diferente deste. Discutir a igualdade de sexos tem o mesmo valor que observar uma rosa e uma laranja, pois são distintos em aparência e têm  funções bem distintas.

Deus revestiu a mulher de toda dignidade quando a destinou para exercer a maternidade consciente. Ela, sendo temente a Deus, será sempre a imagem do amor, apagando males, ódios, vinganças, unindo os familiares através de gerações. No lar, uma dirigente eficiente pronta para atender a todas as necessidades. Para o marido, uma companheira fiel e dedicada, amorosa e compreensível nos momentos de alegria ou de desapontamentos, embelezando-se para ele e o cuidando tanto quanto aos filhos, sendo a confidente das derrotas e vitórias, amiga nas horas da necessidade espiritual.

Hoje, muitas mulheres estão se masculinizando e exercem a ação corrompedora sobre sua feminilidade, mas se elas se sentissem verdadeiramente respeitadas e amadas no seu papel de esposas e mães, não precisariam abandonar seus postos, por algo diferente.

Por outro lado, o homem vem desenvolvendo novas atividades para se ajustar a um meio que se modifica constantemente. A mulher é a metade que lhe falta para que formem juntos “um ser completo” e vem acompanhando-o nessa caminhada milenar através dos tempos em mútua compreensão em uma tarefa que é de ambos. O homem educado deve saber encontrar sua posição, seja qual for o ambiente em que viva. Para a mulher os fins são os mesmos, não há uma filosofia educacional masculina ou feminina, apenas, no cenário da vida, cada um representa de forma própria o seu papel e ocupa o seu lugar. Homem e Mulher são seres diferentes e na sua posição social se completam e concorrem para a grandiosa obra do aperfeiçoamento humano, desempenhando cada um o seu papel.. Somente  a  mulher completa o homem em todos os sentidos. Por isso, não pode fugir a tão elevado lançar-se a uma aventura de resultados imprevisíveis. É possível que haja na mulher de hoje um intenso desejo de valorização individual, tornando-se, muitas vezes, insegura e angustiada, nesse sentido, luta contra isso, exibindo-se para receber a consideração e aplausos.

Deus tem cuidados especiais para com a família. As grandes providencias salvadoras de Deus sempre incluem a família. Genesis 7:1 – Atos 16:30 mostram a família se constitui em um grupo com dinâmica própria e peculiar, em que participam todos os componentes organizados emocionalmente e se voltam entorno da figura central, pode-se dizer: a mais impressionante desde os primeiros anos de vida – a figura materna -. O pai como cabeça biblicamente citado, até no bom  sentido tem e se torna cada vez mais individualista e imediatista. Em poucos lares ele exerce a função de sacerdote, por isso a decadência.

Outros fatores que têm enorme influência no aspecto de nossas vidas têm sido a televisão e internet. Nas campanhas atuais a mulher aparece em uma reconstrução do papel da mulher, sendo apresentada como muito superior ao homem, assim, propagandas feministas. A mulher hoje é sempre vitoriosa e sempre vista como deslumbrante. Aparece ao lado de carros luxuosos. Luta karatê. Usa armas e tem pontaria certeira. Na política destaca-se. Por que não? São campanhas  mostrando a superioridade feminina e isto acontece porque o homem simplesmente a respeta!

Dessa forma, a mulher recebe uma grande responsabilidade nos ombros. O que a Bíblia diz as mulheres envolve que saber que devemos estar preparadas em humildade para apreender, que devemos ser prudentes e moderadas no pensar e falar. Efésios 5: 22 e 31; Provérbios 19:14; Colossenses 3; 18,19; Tito 2:1 a 5; I Pedro 3: 1 a 7 e Provérbios  14:1.

A mulher na essência não mudou. Pela lei de Moises o bem estar emocional da mulher é de responsabilidade especifica do marido. É obrigação do marido promover a felicidade da esposa. Contudo, sejam quais forem as razões, o mundo feminino é tipicamente mais limitado.

É maravilhoso conhecermos a Palavra de Deus, lutarmos na hora certa como foi o caso de Débora e, também, sermos mulheres hoje com a experiência daquelas que venciam ontem.

Um grande abraço e que Deus abençoe ricamente a família.

Clique e comente este texto

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Rm 6:23)

Clique para o Plano de salvação por pergunta

Clique para o Estudo para novo convertido - 01/10

Clique para o Estudo para batismo 01/10

Clique para o texto Ministração para libertação interior e perdão

Clique e de seu testemunho de aceitar a Cristo como Senhor e Salvador pessoal