Diminuir a fonteAumentar a fonte 08/01/2009
Estabeleça prioridade para vencer a ansiedade
por Cezar Andrade Marques de Azevedo

www.cezar.azevedo.nom.br

A CONSULTA

Amado Irmão.

Agradeço a Deus por está palavra inspirada pelo Espírito Santo. Hoje pela manhã em minha caminhada pedi ao Espírito Santo que me ajudasse a deixar as "pré-ocupações" de lado e que me libertasse da ansiedade.

Este sentimento, não sei se poderia classificar como sentimento, me persegue desde que ainda era uma criança, sempre fui muito ansiosa e preocupada. Tenho dificuldade em desligar os pensamentos e já tive revelação do Espírito Santo de que isso é opressão maligna, pois até mesmo dormindo vem em minha mente pensamentos que me levam a me preocupar, e não são coisas relevantes, muitas até banais.

Venho procurando desenvolver um relacionamento íntimo com Deus e separo momentos do meu dia para oração e leitura de Bíblia. Procuro alimentar minha mente com boas leituras e mensagens da palavra de Deus. Deus já fez grandes mudanças em minha vida e tem atendido e respondido muitos dos meus pedidos, mas persiste a ansiedade e a preocupação, ainda não veio a resposta. Sei que isso é pecado, por isso peço libertação.

Hoje mesmo cheguei a pensar que assim como Paulo orou por diversas vezes para que Deus tirasse o "espinho" de sua carne que, pelo que entendo não foi da forma que ele queria, Paulo acabou aceitando a condição de Deus. Penso se não seria de eu parar de pedir a Deus e aceitar esse tormento como sendo a vontade de Deus em minha vida?

Amado irmão me ajude em oração, estou a procura de cura espiritual e desejo imensamente ser liberta. Fico feliz em poder compartilhar essa aflição com o irmão.

Sabe, desde que conheci o irmão quando veio para a Igreja Boas Novas, Deus o tem usado para falar ao meu coração, fui membro da igreja até _____ quando me mudei para _____ e, com a mudança acabei deixando de ler suas mensagens. Mas hoje veio em minha mente o desejo ardente de acessar sua página e olha Deus falando comigo hoje de novo. Sou grata a Deus pois tem falado comigo de diversas formas, mas me sinto envergonhada e fraca por não conseguir confiar totalmente no agir do poder Supremo de Deus, por isso declaro aqui meu desejo de libertação, não só para mim, mas ao meu pai também que sofre com isso também, inclusive estive com ele neste fim de semana (ele mora em _____) e ele me confessou o quanto tem pedido a Deus libertação e como isso o perturba também, isto é, viver a vida pensando no amanhã. Compartilhamos nossa agonia, mas fui falha pois perdi a oportunidade de orarmos juntos em clamor a Deus pela nossa libertação.

Gostaria muito de receber uma mensagem do irmão, se for a vontade de Deus.

Amém...

Que Deus abençoe sua vida e de sua família...

Obrigada por dedicar sua vida a cuidar dos filhos de Deus. Com Carinho e admiração.

A RESPOSTA

A.

“Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.” (Sl 119:105)

Bom ouvir notícias suas. Louvado seja Deus pelo que o site tem lhe ajudado. Toda glória seja dada ao Senhor.

Geralmente temos, enquanto cristãos, a tendência para resolver todos nossos problemas por meio da oração. Na verdade a oração é apenas o primeiro passo, o mais importante dele. Todavia mesmo a oração precisa ser direcionada à luz da palavra de Deus para que possa ser eficaz em nossa vida. Digo isso porque Paulo orava aos cristãos de Éfeso no sentido de fazer-lhes abrir seus olhos para conhecerem, entre outras coisas, as riquezas da glória da herança que temos entre os santos (Ef 1:18,19). Quais seriam estas riquezas?

Uma das grandes riquezas que o Senhor tem nos dado é a paz por termos sidos justificados em Cristo Jesus (Rm 5:1). Por certo você já possui esta paz. Então surge a pergunta: por que possuindo a paz você não está conseguindo experimenta-la no seu dia a dia? Aparentemente você mesmo tem respondido a sua questão – por causa da preocupação e da ansiedade.

Tenho dito que a ansiedade produz em nós o mesmo efeito do termômetro. Digamos que você meça sua febre e descubra que está com 41° C. Por certo você se sentiria imensamente preocupada, correria até o médico. Mas que médico? A febre, por si só não nos permite identificar a enfermidade, assim você se dirigiria a um clínico geral para que este identificasse o tipo de doença que está causando a febre, então você seria tratada daquela enfermidade.

Assim também a preocupação é um termo genérico que se aplica para qualquer coisa, desde se não vai chover amanhã até o pagamento das contas no fim do mês. Portanto saber que você está preocupada não ajuda em nada para ministrar o medicamento. Como tratar então de sua ansiedade?

Geralmente ansiedade persistente é fruto de problemas não resolvidos. Digamos que você tenha três ou quatro preocupações básicas: por sua família, por sua saúde, por suas finanças e por sua vida cristã. Cada uma destas preocupações exige uma atitude diferente e uma aplicação da palavra de Deus distintas. Digamos que você não consiga fazer isso com nenhuma delas. Por certo que haverá momentos que as quatro preocupações irão lhe perturbar no mesmo tempo. Digamos que você teve um problema com sua família no dia em que estava com a saúde debilitada, sem dinheiro para pagar o remédio e sem condição de ir ao culto. Neste caso os quatro problemas bateram a porta no mesmo dia. O Aposto Paulo chama este dia como sendo “o dia mau” (Ef 6:13). Nosso problema não é o dia mau em si, mas nossa dificuldade em discernir cada um dos problemas e saber aplicar a palavra de Deus para eles, separadamente.

Por outro lado o dia mau não acontece todo dia. Digamos que um dia você tem um problema com sua família, mas está com boa saúde, tem dinheiro no banco e é uma benção em sua igreja. Neste caso o problema está concentrado em sua família, mais fácil de discernir e aplicar a palavra de Deus para o caso específico.

Assim seu problema básico não é a preocupação nem a ansiedade, mas a dificuldade de discernir cada um de suas fontes de preocupação para aplicar nelas a palavra de Deus. Minha sugestão é que você faça o seguinte: escreva uma lista de todos os motivos que leva você a se preocupar. Depois de feita a lista, anote cada uma delas numa tira de papel e coloque numa pequena caixa. Então tire da caixa uma só tira de papel com um problema qualquer dentre os que estão ali dentro. Procure encontrar na palavra de Deus algo que oriente você sobre ele. Lembre-se que a palavra de Deus é como luz para seus pés. Se quando estiver fazendo isso se lembrar de outro problema que está na caixinha, diga a si mesmo: “está na caixa, só vou resolver depois, quando tirar a tira de papel da caixa”. Com isso você vai evitar que outro problema lhe impeça de discernir a resposta de Deus naquele problema específico.

Faça isso com cada um deles e verá que a paz de Deus se manifestará com cada vez maior intensidade.

Um abraço fraternal, na paz do Senhor.

Cezar

Clique e comente este texto

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Rm 6:23)

Clique para o Plano de salvação por pergunta

Clique para o Estudo para novo convertido - 01/10

Clique para o Estudo para batismo 01/10

Clique para o texto Ministração para libertação interior e perdão

Clique e de seu testemunho de aceitar a Cristo como Senhor e Salvador pessoal