Diminuir a fonteAumentar a fonte 29/12/2012
18 Lançando esperança no coração
por Cezar Andrade Marques de Azevedo

www.cezarazevedo.com.br

Diogo demonstra estar magoado com sua esposa por não entender sua situação em relação ao seu filho, contudo ele próprio não percebe que agiu de modo imprudente nesta questão. Procuro lançar luz de esperança em seu coração.

Cezar: Você tem um filho de outra mulher, você vai dar dinheiro a ele, mas tem de fazer do modo certo.

Ester: Qual modo certo?

Cezar: Primeiro você tem de ter certeza que ele é seu filho, isso exige um exame de DNA para dar certeza a você e Rute. Depois você precisa fazer um acordo na justiça que vai determinar um valor mensal e você só vai pagar por este valor, isso é o justo, entendeu?

Ester: Entendi.

Cezar: É o que a Bíblia diz, deixa mostrar a você, leia:

Ester: Quero esquecer essa mulher.

Cezar: Só um momento, você quer esquecer quem? Sua esposa?

Ester: Sim, quero esquecer essa mulher ingrata.

Cezar: Não, você não vai esquecer sua esposa, você agiu errado e tem de colocar sua casa no devido lugar. Vou lhe mostrar.

Ester: Não sabia que tinha filho, ele precisava estudar aqui nesta cidade. coloquei em um apartamento alugado, coloquei na escola.

Cezar: Vamos com calma e por parte, deixe-me mostrar algo antes a você.

Ester: Nunca trai Rute deste do dia que conheci ela. Tinha 20 anos.

Cezar: Vou lhe mostrar,  leia:

Derramar-se-iam por fora as tuas fontes, e pelas ruas, os ribeiros de águas? Sejam para ti só e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, (Pv 5.16-18)

Cezar: O texto diz que se você tiver filho fora do casamento, estranhos vão comer de sua mesa. Leu?

Ester: Sim.

Cezar: Para isso não acontecer você precisa ter a proteção da lei, portanto você precisa fazer estas duas coisas: exigir um exame de DNA e na justiça determinar um valor de pensão. Assim você e sua esposa saberão o quanto terão de dispor  sem desestruturar suas finanças. Agora você precisa de coragem para fazer a coisa certa. Do modo como está fazendo você está sendo movido por sentimento de culpa e isso não é bom. Quanto ã sua esposa, eu falo com ela e ela vai entender.

Ester: Em 95 eu tinha 18 anos e conheci Rute. Já tinha nascido esse filho. Ele nasceu em 93, não tinha nada com Rute nesta época, só conheci ela depois. Não sabia, não enganei, nunca trai ela.

Cezar: Sim.

Ester: Casei, meu filho nasceu em 97, nasceu Tiago. Foi só filho que eu sabia que tinha. Em 2001nasceu Diana, só outra filha que eu sabia. Agora minha esposa me mandou embora, eu quero esquecer essa mulher. Ta vendo? Me mandou embora. Quero pegar minha filha e ir para meu quarto dormir. Já vou.

Cezar: Ouça Diogo, ninguém se casa com alguém e espera no meio do casamento surgir um filho de outra pessoa. Ninguém ta preparado para isso. Agora o casamento só é possível quando as pessoas conhecem o valor do perdão, portanto vá dormir e me permita falar com sua esposa e Deus poderá colocar tudo no seu devido lugar.

Ester: Vou para minha casa.

Cezar: Por favor, hoje, durma ai, amanhã você poderá ir descansado. Sua filha já esta deitada. Confie em Deus.

Ester: Eu quero ver minha filha. Cadê minha filha?

Cezar: Ela esta no outro quarto, já deitada para dormir.

Ester: Cadê minha filha?

Clique e comente este texto

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Rm 6:23)

Clique para o Plano de salvação por pergunta

Clique para o Estudo para novo convertido - 01/10

Clique para o Estudo para batismo 01/10

Clique para o texto Ministração para libertação interior e perdão

Clique e de seu testemunho de aceitar a Cristo como Senhor e Salvador pessoal