Diminuir a fonteAumentar a fonte 24/08/2007
O site comemora neste dia dois anos
por Cezar Andrade Marques de Azevedo

www.cezar.azevedo.nom.br

“O meu coração trasborda de boas palavras; dirijo os meus versos ao rei; a minha língua é qual pena de um hábil escriba.” (Sl 45:1)

Hoje o site www.cezar.azevedo.nom.br está comemorando dois anos no ar. Toda honra, glória e louvor sejam dados ao Senhor nosso Deus.

O site entrou no ar em 24 de agosto de 2005. Desde 01 de janeiro de 2006 temos conseguido postar diariamente pelo menos um texto, com isso atingimos hoje a marca de 1.100 textos postados.

Nosso objetivo persiste o mesmo: fazer conhecida a palavra de Deus para que sejamos transformados pelo poder de Deus. Este é o nosso sonho, esta é a nossa motivação. O mover de Deus, nossa recompensa, frutos só serão conhecidos quando adentrarmos na eternidade.

O que podemos dizer é que nosso coração trasborda de boas palavras. A amplitude das escrituras sempre nos dá algo para escrevermos; a profundidade é algo que jamais alcançaremos, por isso temos a eternidade para aprendermos e compartilharmos.

Poucos são os leitores que conhecemos, impossível estimar os que lêem os textos do site, todavia mesmo que fosse um só, estaríamos felizes, contudo se ninguém tivesse lendo, ainda assim nos sentimos como quem serve ao Senhor, portanto já temos nossa recompensa, nenhuma obra no Senhor é vã.

O que sabemos é que cada texto no site é como uma pequena semente, sempre poderá ser uma árvore frondosa. Os que encontram sombra percebem estar em um oásis no meio do deserto, o alimento não procede de nós, vêm de Deus, somos meros instrumentos e, mesmo assim, muitas vezes a despeito de nós, servos inúteis já que só fazemos o que podemos.

O que fazemos não nos dá nenhum mérito, o que deixamos de fazer somos responsabilizados. O que importa é que o nome do Senhor seja glorificado. A Ele toda glória.

Se alguém perguntasse o que é mais importante para a permanência do site, diríamos sem titubear, as orações do santos nos mantém de pé. Temos convicção que é impossível o crescimento da semente apenas por conta da terra e do ar, o que rega é as orações dos que, fora dos olhos dos homens se dobram diante do Senhor para clamar por Sua soberana vontade.

Avançamos por um principio simples, o maná é porção diária, para saber de sua existência no dia seguinte, só deixando a noite minguar e o sol nascer, a brisa faz o resto. Sem a assistência do Espírito Santo tudo se esvai, com Ele os mistérios divinos nos são revelados.

Quanto a nós, ser cristão é uma incógnita, se pensamos fortes, fraquejamos, se estamos fracos, somos fortalecidos, na angústia temos a presença de Deus, na alegria, profunda comunhão com Ele, portanto impossível saber o fim de nossa jornada. As misericórdias do Senhor não nos deixa sermos consumidos, Suas bênçãos nos faz perseverar nesta jornada. Portanto prosseguimos, sem saber o amanhã, mas conhecendo o Deus que nos sustenta a cada manhã.

O que podemos dizer? Maranata, ora vem Senhor Jesus. Sabemos que a vinda do Senhor será em meio a intensos juízos, cremos ser possível, ainda assim apenas sentarmos à beira do rio que procede do trono, à sombra da árvore da vida, experimentando frutos cujo sabor é indescritível. Ali sim, poderemos compartilhar sem com o tempo nos preocuparmos. Até lá prossigamos caminhando, se o Senhor nos permitir, até o terceiro ano.

Que o Senhor nosso Deus seja louvado.

 Clique e compartilhe conosco o que o site tem representado para você