Diminuir a fonteAumentar a fonte 24/08/2006
Um ano no ar, uma oração de gratidão a Deus
por Cezar Andrade Marques de Azevedo

“Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam. Porque ele a fundou sobre os mares, e a firmou sobre os rios.

Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo?

Aquele que é limpo de mãos e puro de coração; que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente. Este receberá do Senhor uma bênção, e a justiça do Deus da sua salvação.

Tal é a geração daqueles que o buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó.

Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.

Quem é o Rei da Glória?

O Senhor forte e poderoso, o Senhor poderoso na batalha.

Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.

Quem é esse Rei da Glória?

O Senhor dos exércitos; ele é o Rei da Glória.” (Sl 24:1-10)

“Tributai ao Senhor, ó filhos dos poderosos, tributai ao Senhor glória e força.

Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome; adorai o Senhor vestidos de trajes santos.

A voz do Senhor ouve-se sobre as águas; o Deus da glória troveja; o Senhor está sobre as muitas águas.

A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade.

A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano. Ele faz o Líbano saltar como um bezerro; e Siriom, como um filhote de boi selvagem.

A voz do Senhor lança labaredas de fogo.

A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades.

A voz do Senhor faz as corças dar à luz, e desnuda as florestas; e no seu templo todos dizem: Glória!

O Senhor está entronizado sobre o dilúvio; o Senhor se assenta como rei, perpetuamente.

O Senhor dará força ao seu povo; o Senhor abençoará o seu povo com paz.” (Sl 29:1-11)

Senhor, nós nos prostramos diante de Tua face para render-te glória. Tributamos ao Senhor a glória devida ao Teu nome porque do Senhor é o site www.cezar.azevedo.nom.br, mesmo porque a terra e sua plenitude a Ti pertencem.

Senhor, este site tem o propósito de proporcionar condições para que Teu povo conheça a Tua palavra para ser transformado pelo Teu poder. Fazemos isso com um coração sincero, esforçando-nos para ministrar a Tua palavra por meio da verdade, a verdade pela verdade, não sendo falsificadores da palavra de Deus, como muitos têm sido (II Co 2:17).

Sabemos de antemão que para esta obra ninguém é idôneo (II Co 2:16), mas depositamos nossa confiança em Ti, “não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus” (II Co 3:5).

Senhor, Tu sabes que nosso propósito é que Teu povo se apresente diante de Ti limpos de mãos e puro de coração, que não faça da vaidade sua meta existencial, nem que faça de sua vontade a afirmação de seu testemunho cristão, antes que aprenda a deixar-se moldar pelo Teu Espírito e seja revestido de Tua salvação (Sl 24:4).

Senhor sabemos que esta obra pertence ao Teu Espírito, por sabermos que Tua voz é poderosa, por sabermos que Tua palavra é viva e eficaz, vai e não volta vazia, mas faz tudo quanto Te apraz.

Por esta razão “não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor; e a nós mesmos” como servos de todos aqueles que acessam este site por amor de Jesus (II Co 4:5). Fazemos isso porque fomos capacitados por Ti para “sermos ministros dum novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica” (II Co 3:6).

Isto porque nosso desejo, veemente oração e esperança é que todo aquele que Te busca Te encontre isto porque Tu és Deus que vem ao nosso encontro, que abre nosso coração e faz nele morada (Sl 24:6,7).

Por esta razão o desejo, veemente oração e esperança é que o Teu Filho possa voltar com pressa e nos encontrar como uma virgem pura (II Co 11:2), porque todo o que tem esta esperança purifica a si mesmo, como o Senhor é puro (I Jo 3:3). Abre nossos ouvidos para que ouçamos o toque da trombeta (I Ts 4:16) e nos reunamos com o Senhor nos ares (I Ts 4:17).

Tendo tal esperança “usamos de muita ousadia no falar” e no escrever (II Co 3:12), assim, “todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor” (II Co 3:18).

Senhor, nós adoramos a Ti por cada dia que este site www.cezar.azevedo.nom.br esteve no ar, porque até aqui o Senhor nos ajudou. Este dia completa um ano que este site tem estado abençoando o povo de Deus e todos aqueles que buscam saciar a sede de ouvir Tua palavra, por isso nós louvamos ao Senhor e somos gratos a Ti.

Senhor, nós declaramos que este site a Ti pertence, por isso toda glória, honra e louvor a Ti pertencem por toda obra que as palavras deste site possa ter realizado para Tua glória.

Somos-te gratos Senhor. Em nome de Jesus. Amém.